CRIE O SEU NEGÓCIO ONLINE

Zany Marketing

ecommerce

Author: Zany Marketing

08 . 03 . 2021

Ecommerce, também conhecido como comércio eletrónico ou comércio digital refere-se à compra e venda de bens e serviços através da internet. O ecommerce é frequentemente associado à venda de produtos físicos na internet, mas pode descrever qualquer transação que seja facilitada pela internet.

Enquanto o ecommerce se refere apenas à transação de bens e serviços, e-Business refere-se a todos os aspetos da operação de um negócio online.

A história do ecommerce começa com a primeira venda online: a 11 de agosto de 1994 foi vendido um CD da banda Sting através do site NetMarket, uma plataforma de retalho nos EUA. Este foi o primeiro exemplo de um consumidor comprar um produto através da internet.

Desde então o ecommerce tem evoluído com o objetivo de tornar os produtos mais fáceis de encontrar e comprar através de retalhistas online. Freelancers, PME e grandes empresas, todos têm beneficiado com ecommerce, que lhes permite vender os seus produtos e serviços a uma escala que não era possível com o comércio tradicional.

Modelos de Ecommerce

Existem 4 modelos principais que podem descrever praticamente todas as transações que ocorrem entre consumidores e negócios.

  1. Business to Consumer (B2C):
    Quando um negócio vende um bem ou um serviço a um consumidor individual.
  2. Business to Business (B2B):
    Quando uma empresa vende um bem ou um serviço a outra empresa.
  3. Consumer to Consumer (C2C):
    Quando o consumidor vende um bem ou serviço a outro consumidor.
  4. Consumer to Business (C2B):
    Quando um consumidor vende bens ou serviços a um negócio ou uma organização.

Exemplos de Ecommerce

O ecommerce pode assumir uma multitude de formas onde existem diferentes relações transacionais entre o vendedor e o comprador, tais como diferentes bens a serem transacionados.

  1. Retalho
    A venda de um produto diretamente ao consumidor sem intermediários.
  2. Venda a Grosso
    Venda de produtos a grosso, regra geral a um retalhista que os vende ao consumidor.
  3. Dropshipping
    A venda de um produto que é produzido e enviado por uma terceira parte.
  4. Crowdfunding
    A recolha de dinheiro dos consumidores antes do produto estar disponível, para que os produtores consigam ter acesso ao capital necessário para tornar este produto uma realidade.
  5. Subscrição
    Um pagamento automático e recorrente até o subscritor cancelar.
  6. Produtos Físicos
    Qualquer produto tangível que necessite de inventário e que seja enviado para o cliente para que a venda seja feita.
  7. Produtos digitais
    Produtos digitais, cursos, média que tenham de ser adquiridos para consumo ou uso licenciado.
  8. Serviços
    Um conhecimento ou habilidade oferecido em troca de compensação, normalmente pecuniária.

A digitalização dos negócios tem apresentado uma relevância cada vez maior nos seus resultados e têm um papel cada vez mais importante na imagem das marcas. Permite-lhe vender os seus produtos a qualquer hora do dia, em qualquer dia da semana. E, até, lhe permite oferecer informações mais completas e personalizadas do que uma loja física.

Contacte-nos para saber mais sobre como podemos ajudar a sua empresa a potenciar o seu crescimento através do ecommerce.

Também poderá gostar de . . .

O QUE É O MARKETING MÓVEL?

O QUE É O MARKETING MÓVEL?

O QUE É O MARKETING MÓVEL? O marketing móvel é uma estratégia de marketing digital multi-canal...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.